quarta-feira, 16 de fevereiro de 2011

Insônia Infantil


A insônia infantil se manifesta de duas maneiras:

1) Dificuldade de dormir quando a criança é colocada na cama;

2) Dificuldade de continuar dormindo durante a noite.

Para poder solucionar o problema, é extremamente necessário avaliar a qualidade do sono do bebê, ou seja, relacionar o nível de descanso com as atividades durante o dia. Em muitos casos, crianças que sofrem de insônia, não conseguem acordar cedo e nem acompanhar o ritmo das crianças da mesma idade durante o dia.

Existe uma situação em que pode ocorrer a insônia temporária, isto é, caso seu filho assumiu novas tarefas (novos cursos e/ou atividades), durante o dia, vai de um estágio de desenvolvimento à outro, então nessa situação a insônia pode ser um problema temporário bem comum. Assim como a criança que começa a aprender a dormir em seu próprio quarto ou então mudou de casa, também pode ter algumas noites mal dormidas. Mas não se preocupe, como foi dito acima, isso é um problema temporário, que acontece durante a fase de “adaptação”, levando apenas alguns dias até que tudo se resolva.

Quando se trata do problema que estamos discutindo hoje, existem uma série de situações que podem acarretar esse processo, como depressão, ansiedade, problemas de saúde (febre, dor de ouvido, etc), terror noturno e muitos outros. O “terror noturno” acontece quando a criança fica bastante agitada, grita, tem respiração ofegante e transpira. Geralmente acontece horas depois de ter adormecido ou quando sai de um sono profundo, normalmente sem sonhos. O ideal é acalmar a criança e mostrar que está tudo sob controle, que aquilo foi apenas um susto.

Outro problema a considerar é se seu filho (a) ronca sonoramente. Nesse caso, ele (a) provavelmente vai se sentir bastante sonolento durante o dia e ter problemas escolares. A provável “doença” então, é a apnéia no sono, uma interrupção temporária da respiração durante o sono. Em bebês recém-nascidos e prematuros, essa situação é bem comum. Crianças obesas e com amígdalas aumentadas também podem sofrer desse problema devido à obstrução da passagem do ar. Se seu pequeno está com alguns desses sintomas, o indicado é procurar um médico especializado no assunto.

A recomendação para tentar solucionar o problema a insônia é desacelerar o metabolismo do seu filho e dar-lhe tempo para relaxar à noite. Um banho morno, alimentação leve e uma leitura agradável podem ajudar nesse processo. Incentive também a prática de exercícios físicos durante a manhã ou à tarde, dependendo do horário escolar.

É sempre muito importante estabelecer um horário para que a criança durma. Acordar e dormir no mesmo horário é uma regra que deve ser cumprida sempre que possível. Um ciclo de sono regular ajuda a promover hábitos saudáveis.

Os recém-nascidos dormem, em média, 16 horas por dia. Crianças de 2 anos, precisam entre 12 a 14 horas de sono, incluindo cochilos. Crianças em idade escolar precisam de 10 a 11 horas diárias de sono para conseguir restabelecer a energia do seu corpo para as atividades do dia seguinte.



Naninha Carter's

7 comentários:

  1. Este é um problema realmente sério.

    ResponderExcluir
  2. Adorei o post!
    Estava com esse problema aqui em casa esses tempos, resolvi colocar o Pedro na natação durante a tarde, porque ele estuda de manhã e foi um santo remédio, coloquei quase no fim da tarde, para chegar em casa, tomar banho, comer, e cama! Deu super certo, recomendo!

    beijo Ane!

    ResponderExcluir
  3. Que legal! Adorei tudo!
    Quando o Gabriel começou a fazer aula de futebol de manhã, teve dificuldades para dormir um pouco a noite, será então por causa da adaptação que você diz? O interessante é que durou uns 10 dias somente...
    Adoro seu blog Dai, acho que você vai direto ao ponto e nos ajuda a solucionar muiiiiiiiitos problemas! Você não existe! Obrigada por tudo!!!

    ResponderExcluir
  4. Meninas, o Murilo está passando por esse problema, está com 2 aninhos e não sei mais o que fazer.. Me ajudem, estou ficando enlouquecida!!

    Ane, o que você faz quando seus pequenos não dormem?

    ResponderExcluir
  5. Siiimmm, as naninhas são lindas, quando olhei a foto e vi o bebê com a naninha dele, pensei, será que tem para vender? hehe
    Nos falamos via orkut lindona! beijo!

    ResponderExcluir
  6. Marina, querida,

    O principal em um situação assim é ter muita paciência. Difícil dizer que é apenas uma fase, porque só quem passa por isso sabe o que é, mas no fundo, é um período que vai passar.

    Não se preocupe, alguns estudos afirmam que crianças da idade do Murilo tem grande chance de ter insônia, e que isso é mais do normal do que se imagina.

    O que posso te aconselhar a fazer é dar um banho morno um pouco antes do horário de dormir, isso ajuda a criança ficar mais calma. Na hora de colocá-lo para dormir, fique com ele até que pegue no sono, assim ele se sintirá mais seguro para dormir.

    ResponderExcluir