segunda-feira, 21 de fevereiro de 2011

Escolas Bilíngües – Yes, you can do it!

É cada vez maior o número de escolas bilíngües instaladas no Brasil. Desde 2005, o aumento nesse setor foi de mais de 40% quando comparadas com escolas convencionais. Em 90% dessas escolas, o idioma principal é o inglês.

Normalmente, os pais que escolhem matricular seus filhos em escolas bilíngües, possuem uma noção básica do idioma e têm o desejo que seus pequenos cresçam dominando uma segunda língua com mais naturalidade e facilidade. Alguns pediatras informam que até os 6 anos, você pode ensinar quantos idiomas desejar para seu filho, pois nessa época da vida as crianças possuem maior facilidade de aprendizado e absorvem informações muito mais rápido. É a fase conhecida como “exposição precoce à idiomas estrangeiros”, onde falar outra língua acaba se tornando um fenômeno absolutamente natural.

Alguns estudos sobre o funcionamento do cérebro infantil afirmam que existem alguns benefícios da introdução de um segundo idioma no início da vida escolar. Nessa época, o cérebro está na fase mais favorável para a aquisição de uma segunda língua sem sotaque, pois se encontra em um período de crescimento acelerado, formando suas principais estruturas nervosas.

Uma outra habilidade oferecida pelo aprendizado precoce da língua estrangeira, é tornar-se fluente na mesma. “Uma pesquisa da NYU, New York University (Universidade de Nova York), feita com imagens do cérebro em funcionamento, explica as razões desse fenômeno. O estudo revela que o contato assíduo com uma língua estrangeira na infância ajuda a armazenar as palavras e a gramática do idioma aprendido em uma região do cérebro contígua à que comanda a fala. Assim é menos trabalhoso acionar o idioma armazenado naquela região e o cérebro gasta menos energia para fazê-lo. A fala flui, então, naturalmente”.

Porém, a grande dúvida é:

Se seu filho vai ser alfabetizado em outro idioma, como fica sua língua principal (português) nessa situação?

Não se preocupe. As crianças não vão deixar de aprender seu idioma natal dentro da escola, a maioria delas oferece em sua grade, a disciplina Português, ensinada em Português. É uma escola normal, com a diferença que todas as outras matérias são oferecidas em outro idioma.

Se você mora em uma cidade onde não existe a opção de escola bilíngüe e tem o interesse que seu pequeno aprenda um segundo idioma, procure escolas de idiomas especializadas e incentive seu filho a começar junto com a escola convencional um curso a parte, o que funciona 100%.

7 comentários:

  1. Dai, sua fofa!!!

    Adoro suas dicas! Estou pensando seriamente em colocar a Luiza em uma escola bilingue, hoje em dia isso é tão importante né? Aprender um segundo idioma, principalmente o inglês... Estava meio em dúvida quanto à minha decisão, mas acho que você já me ajudou (mais uma vez rs) a resolver o que fazer!

    Você é ótima! Saiba que mora em meu coração, e mesmo não te conhecendo pessoalmente, tenho um carinho imenso por você!

    Beijo e sucesso sempre lindona!

    ResponderExcluir
  2. Escola bilingue é tudo de bom, infelizmente não tem aqui na minha cidade.. mas já coloquei o Lucas em uma escolinha de inglês, na FISK, e to A-D-O-R-A-N-D-O o resultado!! Ele adora e volta para casa todo faceiro!!! Vale a pena!!

    ResponderExcluir
  3. Amiga, que post legal!!!!

    Eu cheguei a ver uma escola bilingue aqui em SP, mas o grande problema na minha opinião é o preço, algumas o valor chega a ser o dobro da escola convencional... =/
    Acho que vou optar por colocar a Clarinha em uma escola especializada em idiomas, como você sugeriu... Acho que funciona legal tbm, né?

    Beijoooooooooooo

    ResponderExcluir
  4. Você tem razão. Começar cedo facilita muito a aprendizagem. Mas é importante também, não interromper o curso. E conhecer outras línguas está se tornando cada vez mais necessário, quase que obrigatório.Mas, e aquele que não teve a oportunidade de iniciar o curso quando criança? Qualquer hora é hora de iniciar. Pense nisso.Seja por melhores empregos, para viagens ao exterior ( que estão cada vez mais baratas) ou simplesmente pelo prazer de aprender,vá a luta. Matricule-se num curso . Beijos

    ResponderExcluir
  5. Muito esclarecedor!!!! Parabéns...

    ResponderExcluir
  6. Concordo plenamente!!! Pietrinha vai começar a aprender pelo menos o inglês muito cedo! Bom saber a opinião dos especialistas, pois a preocupação é se isso prejudicaria ou não o seu aprendizado. Bjos

    ResponderExcluir
  7. Muito esclarecedor mesmo!
    É importantíssimo aprender uma nova língua, deixar nossos filhos preparados para o futuro que está cada vez mais exigente!

    Parabéns pela matéria Ane, arrasou!

    Beijo!

    ResponderExcluir